sábado, 28 de maio de 2011

PRAÇA IPUPIARA VIRA PALCO DE “ÉDIPO REI” NESSE FINAL DE SEMANA

Montagem teatral concorre à fase municipal do Mapa Cultural Paulista

Hoje (28/05) e amanhã, a Praça Ipupiara será palco da montagem teatral “Édipo Rei”. A peça, produzida pela Companhia Héterus de Teatro, concorre à fase municipal do Mapa Cultural Paulista. As apresentações serão realizadas ao ar livre, com entrada franca, às 19 horas, neste sábado (28/05), e às 16 horas, no domingo (29/05).

Foto: www.educacaoadventista.org.br
A montagem segue uma adaptação feita pelo ator e diretor Rodrigo Caesar à obra de Sófocles, escrita em 427 a.C. 
Trata-se de um mito grego que ilustra a impotência humana diante do destino que, adaptado a linguagem teatral, focará a verdadeira situação em que o rei Édipo e seus familiares, vivem diante da sociedade tebana e do seu misticismo. 

Compõem o elenco os atores: Rodrigo Caesar (Édipo), Mônica Cohollos (Jocasta), Rômulo Crescente (Creonte), Gustavo Roëmer (Tirésias), Lucas Magalhães (Corifeu), Carol Rainho (Antígona) e Anderson Avelino (Arauto). 

“Édipo Rei” é realizada pelas Oficinas Culturais da Academia de Artes Oswaldo Névola Filho, em parceria com a Secretaria de Cultura de São Vicente (Secult), Centro da Imagem e do Som e Câmara Municipal de São Vicente. 

Companhia Héterus de Teatro – A companhia, idealizada por quatro integrantes da Encenação da Fundação da Vila de São Vicente, há cinco anos, concorre ao Mapa Cultural Paulista pela segunda vez. Em 2008, o grupo ganhou a fase municipal do concurso com o espetáculo “Choro de Saudade”, adaptado a obra “As mãos de Eurídice”, de Pedro Bloch.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

PONTE PÊNSIL SERÁ INTERDITADA HOJE PARA OBRAS DE MANUTENÇÃO



Ação irá bloquear o trânsito nos dois sentidos, a partir das 8h30
 

Nesta quinta-feira (26/05), a Ponte Pênsil será interditada para a realização de obras de manutenção. O trânsito ficará bloqueado a partir das 8h30 e como rota alternativa, a Secretaria de Transporte, Segurança e Defesa Social (Setrans) sugere aos motoristas que utilizem a Ponte do Mar Pequeno, com chegada pela Avenida Capitão Luiz Antonio Pimenta. 

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER), orgão responsável pela conservação da Ponte, realizará manutenção de rotina e substituição de madeiras do tablado da pista de rolamento. O trânsito voltará ao normal ao meio-dia.


segunda-feira, 23 de maio de 2011

Trem cruza São Vicente em meados de 1950



Um trem de cargas da Estrada de Ferro Sorocabana cruza a ainda pacata cidade de São Vicente, na metade do século XX:


Foto: acervo de Marcelo Tallamo, de Santos/SP, publicada no site E.F.Brasil


A imagem foi obtida desde o morro do Voturuá, e vê-se ao fundo da baía, não muito claramente, uma linha reta que marca o tabuleiro da Ponte Pênsil. Os primeiros prédios começavam a despontar na paisagem, destacando-se o Edifício Gáudio. Os terrenos junto à ferrovia seriam no final do século XX usados na construção de um hipermercado da rede francesa Carrefour.


Foto reproduzida pelo antigo jornal Cidade de Santos (filme 3606/73) em 1973
no acervo do historiador Waldir Rueda Martins


Essa mesma foto, num cartão postal da época:

Imagem circulando via Internet, enviada a Novo Milênio por Marco Antonio Carlo, em 25/8/2009

Outro postal, também da Foto Benassi (F.B.), com essa imagem:


Imagem: acervo do historiador Waldir Rueda Martins


O trem, num pormenor dessa imagem:


Imagem: detalhe da foto acima


O ponto de maior proximidade entre a ferrovia e o mar, na praia do Itararé, perto da divisa com o município de Santos, é mostrado nesta imagem, da mesma época da foto acima. O trem de passageiros, puxado por uma locomotiva a vapor, faz uma curva junto ao morro, vendo-se ainda um bonde e um carro circulando pela avenida existente entre o terreno da ferrovia e a praia:



Foto: Alberto Henrique del Bianco/Antonio Carlos Belviso, de Indaiatuba/SP, no site E.F.Brasil


Uma foto mais recente: em 29/5/1965, o trem Ouro Branco, da Estrada de Ferro Sorocabana (EFS), numa passagem entre as estações de Samaritá e Paraitinga. Embora fosse auto-propelido, podendo usar energia elétrica, as subestações elétricas ainda estavam sendo construídas e, além disso, ele não teria energia para vencer o desnível de 800 metros entre o nível do mar e o alto da serra, razão pela qual ele estava sendo empurrado por uma locomotiva diesel-elétrica:


Foto: Alberto Henrique del Bianco/Antonio Carlos Belviso, de Indaiatuba/SP, no site E.F.Brasil

São Vicente pode ter surfe noturno na Praia do Itararé



canto-do-ilhaUma boa notícia para os surfistas de São Vicente e Região. Uma ação do vereador e líder do Governo na Câmara Municipal, Roberto Rocha, pode garantir a prática da modalidade durante o período noturno. Ele solicitou ao Poder Executivo estudos para que se instale refletores ao longo da borda externa da piscina do Ilha Porchat Clube, para iluminação da água no recanto da Praia do Itararé.

A ideia do vereador partiu após contato com os praticantes da modalidade. “Acompanhei seus problemas e compartilhamos da busca de soluções. Muitos destes esportistas trabalham durante o dia e não podem se dedicar aos treinos da forma como desejam”, explica o vereador. “O Poder Público investiu na iluminação da faixa de areia do Itararé e hoje é possível jogar futebol, vôlei e práticar outras modalidade. Porque não estender esta iluminação para o recanto da Praia e dar melhores condições para os surfistas praticarem seu esporte?”, indaga Roberto Rocha. Ele também enfatiza outro benefício. “Com essa iluminação, não ganham apenas surfistas, mas os turistas e todas as pessoas que circulam pela praia, com mais segurança”.

A sugestão é que a Prefeitura estude a possibilidade da instalação de refletores fixos na borda do parapeito da piscina do Ilha Porchat Clube, junto ao costão da ilha. Caso haja necessidade, um ou dois refletores além desse contorno da piscina poderiam ser instalados. Segundo o vereador, neste ponto, as ondas são apropriadas para o surfe e o body boarding e com o mar em condições ideais, os praticantes de stand up também se beneficiarão com a medida.

Roberto Rocha enfatiza a importância da ação para São Vicente. “Além de ser um incentivo ao turismo, sempre defendemos a prática de qualquer modalidade esportiva na Cidade, porque consideramos que o esporte é essencial para a formação dos jovens e adolescentes.

TRADIÇÃO

Segundo os praticantes da modalidade, a Praia do Itararé é o local com mais surfistas por metro quadrado dentro d´água do Brasil, por sua extensão e a boa formação de suas ondas. Na praia, surgiram grandes surfistas profissionais brasileiros, além de ser sede de diversas competições estaduais e nacionais, atraindo turistas e  profissionais do esporte. 
Hoje em dia, com o surgfimento de novas modalidades, como o body boarding e o Stand up, a Praia ainda é mais frequentada pelos aficcionados do esporte.