sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Término do Horário de Verão 2011 / 2012



Termina à meia-noite do dia 25 para 26 de fevereiro o Horário de Verão, onde os relógios deverão ser atrasados em uma hora, sendo que teremos duas meia-noite.

Segundo o artigo primeiro do Decreto 6.558, ficou instituído que o horário de verão de todos os anos, seriam a partir de zero hora do terceiro domingo do mês de outubro de cada ano, até a zero hora do terceiro domingo do mês de fevereiro do ano seguinte, perfazendo 126 dias, adiantando-se 60 minutos em relação à hora legal.

Este ano foram ao todo 133 dias, pois conforme o Decreto, no ano que houver coincidência entre o domingo previsto para o término do horário de verão e o domingo de carnaval, então o encerramento se dará no domingo seguinte.

A adoção do Horário de Verão visa à redução da demanda máxima do Sistema Interligado Nacional no período de pico. Com isso, obtém-se o alívio do carregamento dos sistemas de geração, transmissão e distribuição, aumentando a segurança e a confiabilidade operacional, pois o carregamento de todo o sistema elétrico é reduzido nos momentos de pico, melhorando as condições de controle, principalmente em situações de emergências.

Essa redução ocorre no período do ano em que o sistema é, de modo geral, submetido a condições operacionais mais críticas, reduzindo os riscos de desligamentos de linhas de transmissão, principalmente devido a descargas atmosféricas, proporcionando também melhores condições de suprimento, em termos de continuidade e qualidade de atendimento às diversas áreas dos sistemas.

Como benefício adicional observa-se a economia de investimentos em obras de geração e de transmissão de energia elétrica e na geração de usinas térmicas para atendimento a picos de carga neste período do ano em determinadas regiões do país, traduzindo-se como um aumento evitado nas tarifas de energia e um ganho ao meio ambiente.

O Horário de Verão aproveita o fato de que neste período os dias são mais longos, devido à posição da Terra em relação ao Sol. Em São Vicente, por exemplo, os dias duram cerca de 10 horas e 50 minutos no inverno e 12 horas e 40 minutos no verão. A medida provoca o adiantamento do horário civil em relação ao horário padrão, retardando a ligação da iluminação artificial, que é acionada mais tarde do que aconteceria normalmente. O efeito provocado é a não-coincidência da entrada desse tipo de iluminação com o consumo do comércio e da indústria, cujo montante se reduz após as 18 horas, e com outros tipos de consumo nas residências, cuja carga aumenta significativamente nesse horário, motivados principalmente pelo uso do chuveiro elétrico.

Nenhum comentário: