domingo, 3 de junho de 2012

SÃO VICENTE PROMOVE SEMANA DO MEIO AMBIENTE

Ações consistem em oficinas temáticas, atendimentos de saúde, fórum e formatura dos alunos do projeto Agente Ambiental Mirim 


Ilustração: Blog Jovem Pan



Teve início no dia 2 de junho a Semana de Meio Ambiente, que vai até dia 06 de junho, promovida pela Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), e que contará com diversos atrativos para conscientizar os Vicentinos, promovendo atitudes ambientais, e contribuindo, assim, com a qualidade de vida da Cidade em que vivemos. 

Serviços de utilidade pública, distribuição de mudas de árvores, palestras, atividade esportiva e a formatura de Agentes Ambientais Mirins são algumas das atividades propostas pela semana que homenageia o Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho.

O evento tem apoio da Secretaria da Saúde (Sesau), Companhia de Desenvolvimento de São Vicente (Codesavi) e da ETEC Doutora Ruth Cardoso.


Confira a programação nessa semana: 

Sábado (2/6) 
Das 9 às 17 horas: 
- O zoológico do Parque Ecológico Voturuá vai receber a oficina temática “Plantando Ideias”. Um espaço dedicado à criançada. Lá, elas poderão confeccionar brinquedos com materiais recicláveis, colorir desenhos sobre a natureza e aprender a plantar mudas de árvores.

Domingo (3/6) 
A partir das 9 horas
- Remada Ecológica com o objetivo de conscientizar a população a manter as praias limpas. Surfistas, canoístas e praticantes de Stand Up Paddle do Município irão se reunir na Praia do Gonzaguinha, ao lado do Posto de Informações Turísticas (PIT) – “Píer do Careca”, e remar até a altura da Praça Tom Jobim, onde haverá exposição de banner divulgando as principais ações da Coordenadoria de Educação Ambiental da Semam.


Segunda-feira (4/6) 

A partir das 14 horas:

- Fórum “Sustentabilidade Ambiental”, constituído de duas palestras ministradas por renomados especialistas no assunto: “Crédito de Carbono e Desenvolvimento Sustentável”, ministrada pelo biólogo e ex-secretário de Meio Ambiente de Santos, Fábio Nunes (professor Fabião), e “Água e Sustentabilidade”, com o embaixador da Ong Amigos da Água, Ricardo Guerin. O evento acontece no auditório do campus experimental do Litoral Paulista da Unesp (Praça Infante Dom Henrique, s/nº - Parque Bitaru).



Terça-feira (5/6) 

Das 8h30 às 17 horas:
- “Meio Ambiente na Praça”. A Praça Barão do Rio Branco, no Centro, vai se transformar em um espaço que agregará utilidade pública e meio ambiente. Tendas serão montadas no local onde a população poderá receber serviços de saúde, como aferição de pressão arterial e testes de Glicemia e Hepatite C. A Companhia de Desenvolvimento de São Vicente (Codesavi), com o posto avançado do Serviço de Atendimento ao Munícipe (SAM), oferecerá agendamento gratuito para a retirada de entulho. A população ainda poderá trocar seu lixo reciclável por uma muda de árvore. Além disso, também estarão em exposição os projetos Hidroponia e Ecociclo, ambos da Codesavi.
08h30: Os alunos do projeto social “Tripulantes do Futuro”, no Centro Vocacional Tecnológico (CVT), sito na Avenida Nações Unidas, 1.750 – Esplanada dos Barreiros, participarão do workshop “Na onda ambiental”. Haverá dinâmicas para sensibilização ambiental, exposições, debates e vídeos.
10 horas: A praça será palco da peça teatral “Pindorama - Terra das Palmeiras”, que ilustra a preocupação da preservação do meio ambiente e incentiva a plantar mais palmeiras Juçaras, em extinção, e que alimenta mais de 70 espécies entre aves e mamíferos.
11 horas: Serão plantadas três arvores nos jardins da ETEC.

11h30: Os alunos da ETEC Doutora “Ruth Cardoso” e do Projeto Agente Ambiental Mirim, funcionários da Codesavi e Pelotão Ambiental da Guarda Civil Municipal darão um abraço simbólico na Praça Coronel Lopes.



Quarta-feira (6/6) 

A partir das 9 horas: 

- A Semana de Meio Ambiente é encerrada com a formatura de mais de 3 mil crianças participantes do projeto Agente Ambiental Mirim. A cerimônia será no Centro de Convenções (Avenida Capitão Luiz Pimenta, 811 – Parque Bitaru). Durante quatro meses do curso, estudantes de sete escolas municipais com idade entre nove e 14 anos aprendem como preservar o meio ambiente com simples ações que podem ser realizadas no próprio ambiente familiar e na escola. Palestra, saídas de campo, oficinas e vídeos também são utilizados no aprendizado das crianças.

Nenhum comentário: